O que é contratação de serviços?


A força de trabalho terceirizada, que inclui prestadores de serviços e trabalhadores fora da folha de pagamento (ou seja, temporários), é essencial para prosperar na era digital.

Quanto você sabe sobre sua força de trabalho invisível? 
Vamos descobrir. 

A “força de trabalho invisível” é vital para o sucesso dos negócios, pois as empresas investem substancialmente a cada ano em serviços terceirizados – consultorias, terceirizados de TI, agências de marketing, escritórios de advocacia e de contabilidade, empresas de gerenciamento de instalações e operadores de call center são apenas alguns exemplos.

No entanto, muitas vezes, os prestadores de serviços são gerenciados de modo insatisfatório – um em cada quatro projetos não é concluído dentro do prazo ou do orçamento. Isso expõe as organizações a riscos e as impede de maximizar o valor dessa mão de obra.
 
As empresas hoje devem fazer o seu melhor para competir na era digital.

O que é contratação de serviços?

Na contratação de serviços, uma empresa – de consultoria técnica, agências de serviços especializados ou de manutenção, por exemplo – presta serviços baseados em pessoas a outra empresa. Normalmente, esses prestadores de serviços são contratados por projeto por meio de uma SOW (Descrição de Serviços).

A contratação de serviços, ou mão de obra fora dos contratos de trabalho padrão em tempo integral, compõe grande parte da força de trabalho terceirizada da atualidade.

Da biblioteca: O que é a força de trabalho terceirizada?
 


Quem são esses prestadores de serviços e quais tipos de serviços eles fornecem?

Os prestadores de serviços desempenham um papel fundamental na realização do trabalho e operam no centro da empresa. Por exemplo, as organizações contam com consultorias para ajudá-las a competir melhor na era digital, profissionais de TI para executar as operações da função, escritórios de contabilidade para escrituração de registros contábeis, escritórios de advocacia para proteger a propriedade intelectual, agências de marketing para moldar as marcas, operadores de call center para ajudar os clientes e empresas de gestão de instalações para a manutenção de edifícios e equipamentos. Esses são apenas alguns exemplos das muitas tarefas operacionais importantes administradas por prestadores de serviços em nome de clientes empresariais.

sp-vertical-2
Você conhece bem a função de procurement?

Qual é a diferença entre “procurement”, “contratação de serviços” e “suprimento de material direto e indireto”?


A função de procurement, como um todo, envolve a prática de compra de mercadorias e serviços que permitem à empresa operar de forma eficiente e lucrativa. Procurement é a função mais ampla que engloba dois tipos distintos: 


Contratação de serviços

Contratação de serviços prestados por pessoas. Recrutados fora da força de trabalho permanente da empresa, esses profissionais são especializados nos serviços que prestam, como consultores de estratégia de marca ou engenheiros de manutenção.

Saiba mais sobre os recursos de contratação de serviços do SAP Fieldglass

 


Suprimento de material direto e indireto

Este tipo de procurement refere-se à aquisição dos materiais e mercadorias que mantêm a empresa em operação e inclui todas as etapas da gestão da cadeia de suprimentos, do sourcing ao procure-to-pay.

 

Saiba mais sobre os recursos de suprimento de material direto e indireto da SAP Ariba

 

 

Ambas são categorias importantes de despesas em uma empresa, mas muitas vezes são divididas e gerenciadas por diferentes departamentos com tecnologias distintas. Entretanto, há uma forma de obter uma visão unificada das despesas em todas as categorias, usando o que há de melhor em tecnologia inteligente e insights baseados em dados para gerenciar estrategicamente o gasto total.

Saiba mais sobre gestão inteligente de despesas

Como a contratação de serviços beneficia a empresa?

Atualmente, as organizações procuram tudo – de habilidades especializadas à eficiência – e dependem da força de trabalho terceirizada para realizar projetos com mais rapidez e flexibilidade suficiente para se adaptarem às mudanças nas condições e requisitos de negócios. O time SAP Fieldglass, em colaboração com a Oxford Economics, realizou uma pesquisa global com 1.050 executivos de nível sênior de 24 setores para entender a importância dos prestadores de serviços na realização do trabalho e o impacto deles no desempenho dos negócios. Faça o download do relatório completo aqui.

Os resultados ressaltam como a força de trabalho terceirizada tornou-se vital na realização do trabalho na era digital para organizações de todos os portes, em todos os setores, como mostra a Figura 2 do relatório.

SAP-Fieldglass-Services-Procurement-Insights-2019-fig
Insights sobre contratação de serviços: a grande revelação


No relatório Services Procurement Insights: The Big Reveal, o time SAP Fieldglass identifica 11% dos entrevistados que se destacaram dos demais em sua estratégia e visão da gestão de prestadores de serviços e trabalhadores fora da folha de pagamento. 

Faça o download do relatório para saber como outras empresas voltadas ao futuro se destacam na gestão da força de trabalho terceirizada.
 

SPI_ReportCoverPhoto_Thumbnail_
Por que a contratação de serviços às vezes é chamada de “força de trabalho invisível”?

Embora se destaquem na gestão dos aspectos financeiros dos acordos com prestadores de serviços, muitas organizações não conseguem gerenciar os aspectos “pessoais” desses contratos – ou seja, quem está fazendo qual trabalho, quais certificações e treinamento o trabalhador obteve, qual o nível de acesso a sistemas e instalações, como está o progresso em relação a marcos/resultados, entre vários outros fatores.
 
Por exemplo, em uma pesquisa recente o time SAP Fieldglass, em colaboração com a Oxford Economics, entrevistou executivos de nível sênior e desvendou algumas estatísticas impressionantes: menos da metade dos participantes da pesquisa se diz muito bem informada sobre os assuntos básicos relativos aos prestadores de serviços, como termos do contrato (48%), onde estão localizados (44%) e quem está realizando qual trabalho (44%). Apenas um quarto dos executivos é muito bem informado sobre o progresso em relação a marcos ou resultados (27%), à qualidade do trabalho de cada fornecedor (25%) e à qualidade do trabalho individual (18%).

Esse gerenciamento precário, ou a falta de visibilidade do relacionamento com prestadores de serviços, pode levar a resultados insatisfatórios dos projetos, expor as empresas a riscos de segurança e impedi-las de maximizar o valor dos serviços contratados. Afinal, você não pode medir o que não consegue ver.

invisible-workforce

O que está em jogo quando as empresas gerenciam os prestadores de serviços de modo insatisfatório?

Desperdício financeiro. Os prestadores de serviços representam cerca de metade das despesas com trabalhadores terceirizados ou quase um quinto do gasto com a força de trabalho total. No entanto, as empresas geralmente têm visibilidade limitada de seus prestadores de serviços, uma vez que um em cada quatro projetos executados por prestadores de serviços não é concluído dentro do prazo ou do orçamento.

 

“Muitos executivos de nível sênior não têm os trabalhadores terceirizados no radar porque não sabem a extensão que eles ocupam no mix da força de trabalho total e não enxergam como esses profissionais promovem o crescimento e a inovação dos negócios.”

Lisa Zak, diretora de sourcing estratégico, Medtronic

Fonte: Services Procurement Insights: The Big Reveal

Como as empresas podem melhorar o envolvimento com os prestadores de serviços? O que podem ganhar com isso?

A pouca visibilidade e a falta de rigor gerencial impedem as empresas de desvendar o valor máximo de seus prestadores de serviços. Nossa pesquisa lança uma luz sobre essa força de trabalho invisível e analisa como as organizações podem colher todos os benefícios de seus prestadores de serviços e, ao mesmo tempo, reduzir riscos. Recomendamos quatro ações principais que as organizações podem tomar para gerenciar prestadores de serviços, desvendar efetivamente maior valor e aumentar o retorno sobre o investimento. Em especial, as organizações devem ver os prestadores de serviços como uma extensão de sua força de trabalho e gerenciá-los com o mesmo rigor com que administram seus colaboradores.

Faça o download do relatório completo para saber mais sobre as quatro principais ações.

Uma ação importante para gerenciar melhor os prestadores de serviços requer a implementação de tecnologia inteligente com os melhores recursos da categoria, como um VMS (sistema de gestão de fornecedores).

Saiba mais sobre os principais benefícios de negócios do VMS